quinta-feira, 30 de julho de 2009

Revisão I

Olá pessoal, tudo bem?
Depois de muitos posts e vários assuntos comentádos, acho que está na hora de fazermos a primeira grande revisão, ver como funciona tudo junto: artigos, declinações, tipos de conjugação, plural e singular, tempos verbais, etc.

Vamos começar com a frase:
O amigo da minha irmã se parece com o Kostas.
Ο φίλος της αδερφής μου μοιάζει με τον Κώστα.

Vamos analisar por parte:

1) Ο φίλος - O amigo.
"Ο" é o artigo singular masculino e estamos usando ele, pois, "φίλος" também é uma palavra masculina no singular e sabemos disso pela terminação -ος, ou seja, todas as palavras que terminam com -ος são masculinas e estão no singular.

2) της αδερφής μου - da minha irmã.
Aqui temos o primeiro caso de declinação da frase: genitivo.
Genitivo é o complemento nominal, o nosso objeto indireto. O amigo é de quem? Da minha irmã. "da minha irmã" é complemento nominal de "amigo".
"της αδερφής" é na verdade "η αδερφή" declinado, ou seja, o artigo feminino singular "η" declinado no genitivo vira "της" e temos aquela regrinha que já aprendemos que uma palavra feminina singular no genitivo, ganha um -ς no final. Sabemos que αδερφή é feminina e está no singular porque termina em -η.
Resumindo "a irmã" declinada no genitivo vira "da irmã".
E "μου" é o pronome "meu", "minha".

3) Μοιάζει με - se parece com
Μοιάζει é a conjugação na terceira pessoa do singular do verbo Μοιάζω (parecer). Na frase, nós usamos usamos a forma reflexiva "se parece" (parece-se). Em grego, muitos verbos da forma reflexiva estão na voz passiva, aqueles com terminação -εμαι, -αμαι mas alguns deles estão na voz ativa mesmo (assim como alguns verbos na voz passiva não são reflexivos em português).
Assim, para transformar o verbo Μοιάζω em um verbo reflexivo, apenas acrescentamos a preposição "με" (com), assim "μοιάζει με" vira "se parece com" ou "parece-se com".

4) τον Κώστα - o Kosta.
Aqui temos o segundo exemplo de declinação na frase: Acusativo. Como já sabemos, acusativo é o complemento verba ou nosso objeto direto. Funciona da mesma forma que o genitivo, conceitualmente. "o Κώστας" é complemento verbal de "μοιάζει", ou seja, quem "se parece" parace com alguém ou alguma coisa.

Um macete: Sempre que tiver uma preposição "με", "σε", "γιά", "από", vai pedir uma declinação no acusativo, pois, eles são sempre usados com verbos.

"τον" é o artigo masculino no singular "ο" declinado no acusativo.
Κώστας é um nome pessoal grego que possui o gênero masculino. Podemos ver isso pela terminação -ας (também é masculino). Para esses casos, existe a regrinha de que, uma palavra masculina perde o -ς quando é declinada para o acusativo.

Bem, é isso pessoal. Se alguém viajou, pode me escrever que eu tiro dúvidas. Uma dica é que precisa estar com essas regrinhas de declinações na cabeça, pois, na hora de falar, tem que sair tudo automaticamente. Façam uma tabelinha com os artigos masculinos, femininos e neutros no singular e plural e ainda nos casos nominativos, acusativos e genitivos. São apenas pequenas palavras e com o tempo vai estar na ponta da língua.

Γειά σας φίλοι μου

Um comentário:

  1. "Comentádos" não vai acento, é particípio de comentar.

    ResponderExcluir